Artigos e Notícias

Justiça decreta falência do grupo Schahin

A falência do grupo Schahin, foi decretada no dia 01/03/2018, pelo juiz da 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo, Dr. Marcelo Sacramone.
O plano de recuperação judicial da companhia havia sido homologado há dois anos.
Em sua decisão, o Juiz afirmou que não é papel do poder público tentar recuperar empresas sem condições de seguir seu propósito e que, dessa forma, não geram benefício social relevante.
Segundo o Dr. Sacramone, a holding descumpriu o plano de pagamento de créditos trabalhistas e manteve a inadimplência de R$ 16 milhões mesmo depois de intimada a demonstrar as obrigações.
Afirmou ainda, que "O sistema de recuperação judicial brasileiro parte do princípio de que deverá haver necessariamente uma divisão de ônus entre devedor e credores, tendo como contrapartida o valor social do trabalho e todos os benefícios decorrentes da manutenção da atividade produtiva".
A partir de agora, ações ou execuções contra a falida ficam suspensas, e qualquer prática que onere o patrimônio do grupo está proibida.
As habilitações ou divergências devem ser apresentadas diretamente à empresa KPMG, que continuará como administrador judicial nas próximas fases.